63 3457-1843
prefeituradecolmeia@gmail.com
Você esta em: home, A Cidade, Histórico

A Cidade

Histórico

O município de Colméia está localizado na mesorregião ocidental do Tocantins, integrando a 6º região administrativa do estado.
Devido à grande necessidade de transporte o Prefeito Municipal de Araguacema o Sr Longuinho Vieira Junior, resolveu construir uma estrada ligando Couto Magalhães a Guaraí. Chegando a localidade denominada Chapada do Marimbondo, edificou um barracão de zinco, para armazenar o babaçu da safra anterior, deixando o morador José Ribeiro de Sousa para cuidar e disse “aqui iremos formar uma cidade”. Pelo favorecimento da estrada, foram chegando novos moradores com fins comerciais e sociais. Entre eles o Sr. João Borges, crente batista que passando vindo do local chamado lajeado para Pequizeiro e Couto Magalhães, achou o lugar estratégico para começar uma lavoura já que as terras eram do Estado, bem como para o estabelecimento de um armazém para servir o povo da região que se dedicava muito à extração do babaçu. Foi então que procurou o Sr. Longuinho Vieira na cidade de pequizeiro com o propósito de alugar o barracão de zinco que era localizado onde hoje é a casa de material para construção “FLORESTA,” tendo como resposta que poderia  usar sem compromisso. E no dia 2 de fevereiro de 1962 na companhia de seu filho Antônio e mais um ajudante, puseram as cargas no lombo de alguns animais e seguiram por trechos usados por caminhões ou atalhos, pois não havia estrada de rodagem.
Logo os fregueses começaram a aparecer ali e em pouco tempo a região estava informada de um comercio mais próximo, onde podiam comprar gêneros de 1º necessidades e vender produtos da lavoura. Com a movimentação João Borges pensou na organização de um vilarejo, mandou demarcar algumas ruas no cerrado, a estrada de rodagem naquele ponto era em linha reta, quase 1 km, viria a ser o que hoje é a avenida principal e as outras seriam ruas paralelas e transversais.
Tendo alguns moradores já radicados na localidade, acharam por bem da ao lugarejo o nome de Colméia, isso devido a abundancia de abelhas: a jataí, tiúba, tataíra, entre outras, que havia na região e por abrigar migradores de diferentes paragens. Aos poucos foram surgindo mais casas comerciais, igrejas e pequenas indústrias. Por volta de 1966 o Sr. João Borges visando o desenvolvimento do local procurou o Sr. Longuinho Vieira e exigiu que instalasse uma escola municipal, o prefeito então o autorizou a indicar uma pessoa a qual foi o Sr.Aristides Lima que morava no lajeado, conhecido e irmão de fé do Sr. João Borges, que depois de ter suas idéias aceitas começou a fazer propaganda boca a boca sobre o local informando que o vilarejo se tratava de terras do Estado e que não precisariam comprar lotes para construir residências.
Em 1965 Colméia já era um patrimônio com cerca de 80 a 90 casas, habitadas por quase 500 (quinhentas) Pessoas. Aos poucos foram surgindo mais casas comerciais, igrejas e pequenas indústrias, período este em que foi criado o ex-município de Pequizeiro, tendo como 1º prefeito o Sr. João Bezerra de Souza, em 1965.
Em 1968 a câmara de vereadores aprovou a lei que criava o distrito de Colméia. Já na condição de distrito e com a ajuda do Governador de Goiás DR. Otavio Lage de Siqueira, foi construído o primeiro colégio estadual e também a rodovia existente até os dias atuais, a TO-376. 
De 1965 a 1968 – João Bezerra de Souza, este se mudou para Colméia com a família anos depois, foi comerciante na cidade, tendo montado uma papelaria com o nome de fantasia “CASA CAITÁ”.
De 1968 a 1971 - Abendigá Máximo Rodrigues, Também se mudou para Colméia onde vive até hoje com a família e é dono do cartório de 1º oficio na cidade.
Em 1972 Celso Lacerda é Eleito e Governa até janeiro 1976, Passando o Cargo para Antônio Paulino da Silva, conhecido como Antônio Levino, que governa por 4 anos, tendo sido prorrogado por mais 2 anos, e observando o grande desenvolvimento do distrito de Colméia, resolve, juntamente com a Câmara Municipal  de vereadores, transferir a sede do Município de Pequizeiro para Colméia, através da Lei nº 8.809 de 14 de maio de 1980, o Município passa a denominar-se Colméia. Depois desta conquista Colméia passa a ter autonomia administrativa e tem os seguintes prefeitos:
  • Antônio Paulino da Silva (Antônio Levino) Governa de 1976 a 1982, Pequizeiro/Colméia.
  • Antônio Pesconi             1983 – 1988.
  • Jader Mariano Barbosa 1989 – 1992.
  • Maria Rosa de Araújo (Rosa Pesconi) 1993 – 1996.
  • Eterno Daniel Donato 1997 – 2000.
  • Gerubel Teodoro de Oliveira 2001 – 2004.
  • Jader Mariano Barbosa 2005 – 2008.
  • Ermilson Pereira da Silva 2009 – 2012.
RELIGIÃO
CATOLICISMO – Originou-se na década de 1960. Em 1966 a professora Zefa Pia (Josefina Ribeiro dos Santos) trouxe a imagem do BOM JESUS e realizou o 1º festejo, a capela era coberta de palha, e as paredes de pau-a-pique com reboco de argila.
Em 1975 foi construída uma capela com tijolos coberta com telhas de amianto localizada onde é atualmente a agencia do Banco Bradesco. O Prefeito Antônio Paulino ajudou na construção de um rancho em outro terreno. E logo em seguida construiu também o salão paroquial.
Em 1978 com a chegada das irmãs da congregação de São Luiz Irlanda, começaram a planejar a construção da atual igreja. Houve contenda sobre a área onde seria construída a igreja no governo de Antônio Pesconi e Jader Mariano, mas o problema foi resolvido e a construção foi realizada entre os anos de 1989 e 1991.
PROTESTANTISMO – O protestantismo iniciou com a  chegada do Sr. João Borges que convidou alguns moradores do canto da vazante (ponto da serra), vieram em 1963 o Sr. Raimundo ioiô e João Veríssimo que eram crentes Batista, onde fizeram contato com a junta de missões nacionais da Convenção Batista Brasileira e construíram o templo na avenida principal, hoje denominada Avenida Longuinho Vieira Junior, feito de tijolo coberto de telhas comum bem rústica, até o dia da saída do Sr. João Borges em 2 de novembro de 1965, já podia se contar com uma irmandade em torno de  65 membros. Entre os anos de 66 e 67 foi construído o novo templo na Avenida JK onde permanece até os dias de hoje. Em 1970 chega a missionária Maria Madalena Bispo, que contribuiu com a comunidade como educadora religiosa e no trabalho de evangelização da congregação. Em 15 de março de 1969 aconteceu o primeiro culto da Igreja Assembléia de Deus na casa da dona Raimunda Guedes, tendo em vista que ainda não tinham o templo para se reunirem, posteriormente construíram o templo onde é localizado atualmente na Avenida Longuinho Vieira Junior, o prédio foi construído de tijolos e coberto de telhas,  no decorrer dos anos houve varias reformas.
 
FESTAS POPULARES: Exposição Agropecuária no Mês de Maio, Festa de São João no mês de Junho, Festejos do Padroeiro do Senhor Bom Jesus no mês de agosto.
A cidade está distante da Capital Palma 213 km, e a 1.130 de Brasília Capital da Republica.
Colméia limita-se ao norte com os municípios de Itaporã e Pequizeiro, ao sul com o Município de Miranorte, leste com o município de Guaraí, oeste com os municípios de Pequizeiro e Goianorte.
ATIVIDADES ECONÔMICAS: Pecuária, Agricultura,Comercio Varejista, Pequenas Indústrias sendo a maior e mais significativa a Indústria de Produtos de Origem Animal LOPESCO (TRIPA NORTE) que gera cerca de 300 empregos diretos. No entanto a bacía leiteira do município é segundo dados da adapec (Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins) e do Sindicato dos produtores Rurais de Colméia a maior fonte empregadora no Município, gerando em torno de 1.100 empregos diretos e indiretos. Isso se justifica devido a cinco laticínios instalados no Município, gerando empregos na cidade e no campo.
brasão do municipio Campanha Queimada logomarca administração
© 2015 - Prefeitura Municipal de Colméia By PalmaSite